Setor coureiro da China sente efeitos da guerra comercial com os EUA

Setor coureiro da China sente efeitos da guerra comercial com os EUA

Setor coureiro da China sente efeitos da guerra comercial com os EUA

     Segundo Liang Wei, diretor da CLIA, entidade que representa o setor coureiro chinês, a lista de aumento de tarifas para produtos da China, anunciada pelos EUA em 11 de julho, englobava 118 linhas tarifárias da indústria do couro, incluindo couro acabado, crust, artigos de viagem, malas e pastas, luvas, vestuário. Na lista de produtos anunciada dia 3 de agosto, 110 linhas tarifárias de produtos de couro foram incluídas, cobrindo a maior parte das importações dos EUA, e as tarifas adicionais ficaram entre 25% e 5%. Cobriu US$ 1,43 bilhão de importações norte-americanas em 2017.
     Os EUA são o maior parceiro comercial da indústria chinesa de couro, sendo os maiores compradores de calçados chineses. Enquanto isso, os EUA também são o maior fornecedor de couro cru da China. Em 2017, a China importou o valor de couro cru dos EUA, respondendo por 41,7% do total das importações da indústria do couro.
     De acordo com pesquisa recente da CLIA, as encomendas de algumas empresas de bolsas, malas e calçados começaram a reduzir. No longo prazo, o impacto na indústria de couro da China não pode ser calculado. Os efeitos do aumento do preço da matéria-prima, o aumento do preço do produto final e a transferência de pedidos podem impactar toda a cadeia industrial.

23 de Agosto de 2018

Mais Notícias

Conheça nossos

Associados

CBC COUROS E ACABAMENTO LTDA
KLC BRAZIL LEATHER EXPORT LTDA
INDUSTRIA E COMÉRCIO DE COUROS DOWIDI LTDA
INDÚSTRIA DE PELES MINUANO LTDA
JBS S/A
SPM COUROS