Burberry investe em redução de emissões de gases de efeito estufa

Burberry investe em redução de emissões de gases de efeito estufa

A marca de luxo Burberry tem como meta uma redução significativa em suas emissões de gases de efeito estufa após a adoção de duas novas metas, cujo objetivo é contribuir para que o aquecimento global não ultrapasse 2 graus celsius até 2050. A Burberry pretende reduzir suas emissões absolutas de gases de efeito estufa em 95% até 2022. O ano de 2016 será o ano base para essa meta. Isso abrange as emissões de suas operações diretas, incluindo as causadas por suas lojas, escritórios, fábricas e locais de distribuição. Sua outra meta é reduzir as emissões em 30% até 2030, novamente considerando 2016 como o ano base, das emissões indiretas da extensa cadeia de fornecimento do grupo, que leva em conta o impacto do fornecimento de matérias-primas e a fabricação de produtos acabados.
Pam Batty, vice-presidente de responsabilidade corporativa da Burberry, disse que “somos apaixonados por construir um futuro mais sustentável e estabelecer esses novos alvos de acordo com a mais recente ciência climática é um marco importante para nós. Pela primeira vez, estamos estabelecendo metas para as emissões de gases de efeito estufa que se aplicam à nossa cadeia de suprimentos, o que é um acréscimo significativo à nossa meta já ambiciosa de nos tornar neutros em carbono em nosso próprio uso de energia operacional até 2022.”A marca de luxo Burberry tem como meta uma redução significativa em suas emissões de gases de efeito estufa após a adoção de duas novas metas, cujo objetivo é contribuir para que o aquecimento global não ultrapasse 2 graus celsius até 2050. A Burberry pretende reduzir suas emissões absolutas de gases de efeito estufa em 95% até 2022. O ano de 2016 será o ano base para essa meta. Isso abrange as emissões de suas operações diretas, incluindo as causadas por suas lojas, escritórios, fábricas e locais de distribuição. Sua outra meta é reduzir as emissões em 30% até 2030, novamente considerando 2016 como o ano base, das emissões indiretas da extensa cadeia de fornecimento do grupo, que leva em conta o impacto do fornecimento de matérias-primas e a fabricação de produtos acabados.
Pam Batty, vice-presidente de responsabilidade corporativa da Burberry, disse que “somos apaixonados por construir um futuro mais sustentável e estabelecer esses novos alvos de acordo com a mais recente ciência climática é um marco importante para nós. Pela primeira vez, estamos estabelecendo metas para as emissões de gases de efeito estufa que se aplicam à nossa cadeia de suprimentos, o que é um acréscimo significativo à nossa meta já ambiciosa de nos tornar neutros em carbono em nosso próprio uso de energia operacional até 2022.”

08 de Julho de 2019

Mais Notícias

Conheça nossos

Associados

CURTUME VIPOSA S.A. IND E COM
LUIZ FUGA S/A - INDÚSTRIA DE COURO
CORTUME KRUMENAUER S.A.
BOLZANO BRASIL IND. DE COUROS E PELES LTDA
CURTUME RUSAN LTDA
LANXESS IND. DE PROD. QUÍMICOS E PLÁSTICOS LTDA