Guerra comercial pode gerar saída de empresas da China

Guerra comercial pode gerar saída de empresas da China

Apesar do sucesso da CLIA, entidade que representa o setor coureiro chinês, em persuadir o governo da China a manter a tarifa de 5% para importações de couro dos Estados Unidos (o governo pretendia elevar a tarifa para 25% a partir da janeiro de 2019), a entidade segue preocupada com a escalada da guerra comercial com os EUA.
    Su Chaoying, presidente da entidade, afirmou que “alguns fabricantes de bolsas de couro relatam que os pedidos provenientes dos Estados Unidos caíram e que, diante disto, pretendem transferir a produção da província de Guangdong para o Vietnam, Bangladesh, Cambodia e outros países asiáticos”. Em torno de 75% de todas as bolsas e malas de couro importadas pelos Estados Unidos são provenientes da China, em negócios que totalizam US$ 8.4 bilhões/ano para a indústria chinesa.

05 de Outubro de 2018

Mais Notícias

Conheça nossos

Associados

INDÚSTRIA DE PELES MINUANO LTDA
ILSA BRASIL INDÚSTRIA DE FERTILIZANTES LTDA
CURTUME RUSAN LTDA
CORTUME KRUMENAUER S.A.
COUROS BOM RETIRO LTDA
CURTUME SULINO LTDA