Guerra comercial pode gerar saída de empresas da China

Guerra comercial pode gerar saída de empresas da China

Apesar do sucesso da CLIA, entidade que representa o setor coureiro chinês, em persuadir o governo da China a manter a tarifa de 5% para importações de couro dos Estados Unidos (o governo pretendia elevar a tarifa para 25% a partir da janeiro de 2019), a entidade segue preocupada com a escalada da guerra comercial com os EUA.
    Su Chaoying, presidente da entidade, afirmou que “alguns fabricantes de bolsas de couro relatam que os pedidos provenientes dos Estados Unidos caíram e que, diante disto, pretendem transferir a produção da província de Guangdong para o Vietnam, Bangladesh, Cambodia e outros países asiáticos”. Em torno de 75% de todas as bolsas e malas de couro importadas pelos Estados Unidos são provenientes da China, em negócios que totalizam US$ 8.4 bilhões/ano para a indústria chinesa.

05 de Outubro de 2018

Mais Notícias

Conheça nossos

Associados

PARTNER INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE COUROS LTDA
CURTUME INCOPOL LTDA
JBS S/A
ARTE DA PELE DESENVOLVIMENTO COUROS EXÓTICOS LTDA
ILSA BRASIL INDÚSTRIA DE FERTILIZANTES LTDA
COUROS BOM RETIRO LTDA