Momentos altos a baixos do setor coureiro

Momentos altos a baixos do setor coureiro

Paul Pearson se aposentou do cargo de Secretário do International Council of Tanners (ICT) em 10 de abril, depois de passar a maior parte de sua vida profissional servindo a indústria do couro. Com toda a sua bagagem, lhe foi solicitado que indicasse momentos altos e baixos do setor coureiro:
“Parece ser simples, mas é bastante difícil atender a este pedido. Para começar, sempre que o setor de couro começa a ficar bem, é provável que os curtidores enfrentem um aumento nos preços das matérias-primas. Então raramente ficam felizes. Além disso, os altos e baixos são influenciados pela situação de seus clientes. Por exemplo, houve um grande crescimento no setor automotivo entre 1990 e o colapso financeiro em 2008, e por um período posterior (2010-2015), e houve força - em volumes mais baixos e com maior qualidade - no setor de artigos de couro desde 2000, especialmente na Itália e na França, bem como na China.
As regiões também se saíram de maneira diferente, com o enorme crescimento na China desde 1990 até os últimos anos, e também um crescimento significativo no Brasil, no mesmo período.
Se você estiver procurando por máximos gerais, suponho que o melhor período seria de meados da década de 1990 a 2008, que foi bastante dinâmico, com um período mais curto, entre 2010 e 2015. Os mínimos seriam 2008/9 e o período de 2015 até o presente momento, inclusive, como período de baixa demanda e substituição por materiais alternativos, seguiu-se a pandemia do Covid-19, que está tendo um grande impacto na demanda, que esperamos que seja de curto prazo”.Paul Pearson se aposentou do cargo de Secretário do International Council of Tanners (ICT) em 10 de abril, depois de passar a maior parte de sua vida profissional servindo a indústria do couro. Com toda a sua bagagem, lhe foi solicitado que indicasse momentos altos e baixos do setor coureiro:
“Parece ser simples, mas é bastante difícil atender a este pedido. Para começar, sempre que o setor de couro começa a ficar bem, é provável que os curtidores enfrentem um aumento nos preços das matérias-primas. Então raramente ficam felizes. Além disso, os altos e baixos são influenciados pela situação de seus clientes. Por exemplo, houve um grande crescimento no setor automotivo entre 1990 e o colapso financeiro em 2008, e por um período posterior (2010-2015), e houve força - em volumes mais baixos e com maior qualidade - no setor de artigos de couro desde 2000, especialmente na Itália e na França, bem como na China.
As regiões também se saíram de maneira diferente, com o enorme crescimento na China desde 1990 até os últimos anos, e também um crescimento significativo no Brasil, no mesmo período.
Se você estiver procurando por máximos gerais, suponho que o melhor período seria de meados da década de 1990 a 2008, que foi bastante dinâmico, com um período mais curto, entre 2010 e 2015. Os mínimos seriam 2008/9 e o período de 2015 até o presente momento, inclusive, como período de baixa demanda e substituição por materiais alternativos, seguiu-se a pandemia do Covid-19, que está tendo um grande impacto na demanda, que esperamos que seja de curto prazo”.

23 de Abril de 2020

Mais Notícias

Conheça nossos

Associados

KLC BRAZIL LEATHER EXPORT LTDA
CBC COUROS E ACABAMENTO LTDA
TAN EXPORT - IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO LTDA
TRE ANYTRY BENEF DE PELES EXOTICAS LTDA
SEAN COUROS LTDA
NATUR IND. DE COUROS LTDA