O custo da guerra comercial para os norte-americanos

O custo da guerra comercial para os norte-americanos

Relatório divulgado pela campanha norte-americana 'TariffsHurtthe Heartland' estimou que os americanos pagaram US$ 46 bilhões adicionais desde que a guerra comercial EUA-China começou em fevereiro de 2018 a novembro de 2019. O relatório afirma que, apenas no mês de novembro, os americanos pagaram US$ 6,2 bilhões em tarifas, contra US$ 2,8 bilhões no mesmo mês em 2017, antes do início da guerra comercial.
Diz-se que o aumento significativo é impulsionado principalmente pelas tarifas implementadas pelo governo Trump, que representam mais de US$ 3,5 bilhões do total em novembro. "Esta análise dos dados fornecidos pelo próprio Departamento de Comércio do governo deixa claro que as empresas, agricultores e consumidores americanos são quem pagam essas tarifas - não a China", disse Jonathan Gold, porta-voz da American for Free Trade. “E, enquanto o Acordo da Fase Um é um pequeno passo à frente, ainda são necessários saltos significativos para acabar com essa guerra comercial prejudicial.
“Há cerca de US$ 11 bilhões em importações nas Listas 1-3, que continuarão sendo tributadas mesmo com o Contrato da Fase Um”, acrescentou. "Nós encorajamos o presidente a iniciar imediatamente as negociações sobre um acordo da segunda fase e trabalhar para chegar rapidamente a um acordo final que remova todas as tarifas".Relatório divulgado pela campanha norte-americana 'TariffsHurtthe Heartland' estimou que os americanos pagaram US$ 46 bilhões adicionais desde que a guerra comercial EUA-China começou em fevereiro de 2018 a novembro de 2019. O relatório afirma que, apenas no mês de novembro, os americanos pagaram US$ 6,2 bilhões em tarifas, contra US$ 2,8 bilhões no mesmo mês em 2017, antes do início da guerra comercial.
Diz-se que o aumento significativo é impulsionado principalmente pelas tarifas implementadas pelo governo Trump, que representam mais de US$ 3,5 bilhões do total em novembro. "Esta análise dos dados fornecidos pelo próprio Departamento de Comércio do governo deixa claro que as empresas, agricultores e consumidores americanos são quem pagam essas tarifas - não a China", disse Jonathan Gold, porta-voz da American for Free Trade. “E, enquanto o Acordo da Fase Um é um pequeno passo à frente, ainda são necessários saltos significativos para acabar com essa guerra comercial prejudicial.
“Há cerca de US$ 11 bilhões em importações nas Listas 1-3, que continuarão sendo tributadas mesmo com o Contrato da Fase Um”, acrescentou. "Nós encorajamos o presidente a iniciar imediatamente as negociações sobre um acordo da segunda fase e trabalhar para chegar rapidamente a um acordo final que remova todas as tarifas".

31 de Janeiro de 2020

Mais Notícias

Conheça nossos

Associados

PARTNER INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE COUROS LTDA
CORTUME KRUMENAUER S.A.
INDÚSTRIA DE PELES MINUANO LTDA
BOLZANO BRASIL IND. DE COUROS E PELES LTDA
ILSA BRASIL INDÚSTRIA DE FERTILIZANTES LTDA
INDUSTRIA E COMÉRCIO DE COUROS DOWIDI LTDA