O custo da guerra comercial para os norte-americanos

O custo da guerra comercial para os norte-americanos

Relatório divulgado pela campanha norte-americana 'TariffsHurtthe Heartland' estimou que os americanos pagaram US$ 46 bilhões adicionais desde que a guerra comercial EUA-China começou em fevereiro de 2018 a novembro de 2019. O relatório afirma que, apenas no mês de novembro, os americanos pagaram US$ 6,2 bilhões em tarifas, contra US$ 2,8 bilhões no mesmo mês em 2017, antes do início da guerra comercial.
Diz-se que o aumento significativo é impulsionado principalmente pelas tarifas implementadas pelo governo Trump, que representam mais de US$ 3,5 bilhões do total em novembro. "Esta análise dos dados fornecidos pelo próprio Departamento de Comércio do governo deixa claro que as empresas, agricultores e consumidores americanos são quem pagam essas tarifas - não a China", disse Jonathan Gold, porta-voz da American for Free Trade. “E, enquanto o Acordo da Fase Um é um pequeno passo à frente, ainda são necessários saltos significativos para acabar com essa guerra comercial prejudicial.
“Há cerca de US$ 11 bilhões em importações nas Listas 1-3, que continuarão sendo tributadas mesmo com o Contrato da Fase Um”, acrescentou. "Nós encorajamos o presidente a iniciar imediatamente as negociações sobre um acordo da segunda fase e trabalhar para chegar rapidamente a um acordo final que remova todas as tarifas".Relatório divulgado pela campanha norte-americana 'TariffsHurtthe Heartland' estimou que os americanos pagaram US$ 46 bilhões adicionais desde que a guerra comercial EUA-China começou em fevereiro de 2018 a novembro de 2019. O relatório afirma que, apenas no mês de novembro, os americanos pagaram US$ 6,2 bilhões em tarifas, contra US$ 2,8 bilhões no mesmo mês em 2017, antes do início da guerra comercial.
Diz-se que o aumento significativo é impulsionado principalmente pelas tarifas implementadas pelo governo Trump, que representam mais de US$ 3,5 bilhões do total em novembro. "Esta análise dos dados fornecidos pelo próprio Departamento de Comércio do governo deixa claro que as empresas, agricultores e consumidores americanos são quem pagam essas tarifas - não a China", disse Jonathan Gold, porta-voz da American for Free Trade. “E, enquanto o Acordo da Fase Um é um pequeno passo à frente, ainda são necessários saltos significativos para acabar com essa guerra comercial prejudicial.
“Há cerca de US$ 11 bilhões em importações nas Listas 1-3, que continuarão sendo tributadas mesmo com o Contrato da Fase Um”, acrescentou. "Nós encorajamos o presidente a iniciar imediatamente as negociações sobre um acordo da segunda fase e trabalhar para chegar rapidamente a um acordo final que remova todas as tarifas".

31 de Janeiro de 2020

Mais Notícias

Conheça nossos

Associados

CODINA PELES LTDA
CURTUME A. P. MÜLLER LTDA
FIL INTERNATIONAL LEATHER IMP. EXP. LTDA
JBS S/A
A. BÜHLER S/A - CURTUME
INDÚSTRIA DE PELES MINUANO LTDA