Setor da carne do RS ganha base de dados

Setor da carne do RS ganha base de dados

O Observatório Gaúcho da Carne (OGC) surgiu a partir de uma demanda das lideranças das entidades privadas da pecuária gaúcha, tendo como apoiadores formais do projeto a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Irrigação/RS, a Farsul, Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal/RS e o Sicadergs. Diversas lideranças de outras entidades representativas da pecuária participaram clamor por ferramentas que ajudassem no desenvolvimento e valorização da pecuária gaúcha a partir de um núcleo de inteligência setorial.
     Andréa Veríssimo (foto), coordenadora do Observatório Gaúcho da Carne, observa que “esta ação contribui para reduzir a assimetria de informações entre os elos da cadeia produtiva da carne bovina, ao reunir o big data da produção pecuária e da carne bovina do Rio Grande do Sul e transformá-lo em informação e conhecimento. Por meio de uma abordagem inovadora, o Observatório não coleta dados, e sim conecta grandes volumes de dados homologados, obtidos das mais diversas fontes públicas oficiais e/ou acreditadas, transformando-os em informações que passam a ter significado, e apresentando-as em painéis analíticos de fácil consulta, permitindo a compreensão das atividades realizadas pelo setor produtivo desde o nascimento dos animais até a exportação dos produtos gaúchos”. Ao transformar dados em informação, o OGC conta as histórias da pecuária e do mercado de carnes gaúcho e sua inserção nacional e internacional.
     Tomando como modelos o Meat Market Observatory da Comissão Européia; o INAC – Instituto Nacional de Carnes do Uruguai, o Atlas da Complexidade Econômica da Harvard University e o Observatório da Complexidade Econômica do Massachussets Institute of Technology, o Rio Grande do Sul conta agora com uma ferramenta de informações inovadora e disruptiva.
     O OGC é acessado pelo site www.observatoriogauchodacarne.com.br, acessível a todos, ajudando a uniformizar as informações e permitindo uma melhor compreensão deste setor Andréa Veríssimo ressalta que o OGC se propõe a conquistar o espaço de entendimento do setor pecuário gaúcho, onde a informação extraída do big data constrói a confiança por meio da transparência, transformando o “big data” em “bife data”.

04 de Abril de 2018

Mais Notícias

Conheça nossos

Associados

GOBBA LEATHER INDUSTRIA E COMERCIO LTDA
CODINA PELES LTDA
EURO-AMÉRICA NOVO HAMBURGO
DURLICOUROS IND E COM DE COUROS EXP IMP LTDA
TAN EXPORT - IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO LTDA
CURTUME SULINO LTDA