Setor da carne do RS ganha base de dados

Setor da carne do RS ganha base de dados

O Observatório Gaúcho da Carne (OGC) surgiu a partir de uma demanda das lideranças das entidades privadas da pecuária gaúcha, tendo como apoiadores formais do projeto a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Irrigação/RS, a Farsul, Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal/RS e o Sicadergs. Diversas lideranças de outras entidades representativas da pecuária participaram clamor por ferramentas que ajudassem no desenvolvimento e valorização da pecuária gaúcha a partir de um núcleo de inteligência setorial.
     Andréa Veríssimo (foto), coordenadora do Observatório Gaúcho da Carne, observa que “esta ação contribui para reduzir a assimetria de informações entre os elos da cadeia produtiva da carne bovina, ao reunir o big data da produção pecuária e da carne bovina do Rio Grande do Sul e transformá-lo em informação e conhecimento. Por meio de uma abordagem inovadora, o Observatório não coleta dados, e sim conecta grandes volumes de dados homologados, obtidos das mais diversas fontes públicas oficiais e/ou acreditadas, transformando-os em informações que passam a ter significado, e apresentando-as em painéis analíticos de fácil consulta, permitindo a compreensão das atividades realizadas pelo setor produtivo desde o nascimento dos animais até a exportação dos produtos gaúchos”. Ao transformar dados em informação, o OGC conta as histórias da pecuária e do mercado de carnes gaúcho e sua inserção nacional e internacional.
     Tomando como modelos o Meat Market Observatory da Comissão Européia; o INAC – Instituto Nacional de Carnes do Uruguai, o Atlas da Complexidade Econômica da Harvard University e o Observatório da Complexidade Econômica do Massachussets Institute of Technology, o Rio Grande do Sul conta agora com uma ferramenta de informações inovadora e disruptiva.
     O OGC é acessado pelo site www.observatoriogauchodacarne.com.br, acessível a todos, ajudando a uniformizar as informações e permitindo uma melhor compreensão deste setor Andréa Veríssimo ressalta que o OGC se propõe a conquistar o espaço de entendimento do setor pecuário gaúcho, onde a informação extraída do big data constrói a confiança por meio da transparência, transformando o “big data” em “bife data”.

04 de Abril de 2018

Mais Notícias

Conheça nossos

Associados

SEAN COUROS LTDA
TFL DO BRASIL INDÚSTRIA QUÍMICA LTDA
CURTUME SULINO LTDA
NATUR IND. DE COUROS LTDA
BOLZANO BRASIL IND. DE COUROS E PELES LTDA
GOBBA LEATHER INDUSTRIA E COMERCIO LTDA